Blog

Cirurgia robótica no tratamento do câncer de próstata

Nenhum comentário

O câncer de próstata é o segundo tipo da doença que mais afeta os homens no Brasil. Ele perde apenas para o câncer de pele. O Instituto Nacional de Câncer estima que serão mais de 65 mil novos casos e 15 mil mortes apenas este ano. A detecção precoce auxilia um tratamento eficaz e menos agressivo. E a cirurgia robótica pode ajudar a diminuir a dor e as possíveis sequelas da prostatectomia.⠀ ⠀

Fatores de risco do câncer de próstata

Geralmente, a doença se apresenta a partir dos 50 anos, ao passo que em negros se dá entre cinco e dez anos mais cedo. Além disso, homens negros apresentam risco de duas a três vezes maior de desenvolver o câncer de próstata que o restante da população masculina.

Assim como outros tipos de câncer, a história familiar de câncer de próstata também é importante na hora de iniciar o rastreio. Homens com familiares de primeiro e segundo grau que tiveram câncer de próstata possuem risco mais elevado de desenvolver a doença ao longo da vida. A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia, nestes casos, é fazer os exames de PSA e toque retal a partir dos 40 anos de idade.

Tratamento com cirurgia robótica

A evolução e tecnologia aplicadas no tratamento do câncer de próstata, como a cirurgia robótica, ajudam a diminuir a dor e as possíveis sequelas. Uma das mais modernas técnicas em procedimentos minimamente invasivos, a cirurgia robótica urológica é realizada por meio de pequenas incisões feitas pelo robô para introdução da câmera e dos instrumentos. ⠀

A prostatectomia, ou seja, a retirada da próstata e seus anexos, pode ser feita por meio da técnica robótica, com algumas vantagens:

  • Diminui a dor e o trauma;
  • Minimiza a chance de complicações;
  • Diminui o tempo de internação hospitalar;
  • Deixa cicatrizes menores;
  • Reduz os danos à função urinária e sexual do homem.

Conheça os sintomas

Em sua fase inicial o câncer de próstata tem evolução lenta e silenciosa. Desta forma, ele quase não apresenta sintomas. Além disso, muitos destes sinais são comuns a condições benignas como a hiperplasia da próstata e a prostatite. Por isso, é muito importante procurar um urologista para realizar exames e investigar a origem dessas manifestações: ⠀

  • Dores ósseas;⠀
  • Dores ao urinar;⠀
  • Vontade de urinar com muita frequência;⠀
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.⠀

Invista na prevenção

Além de consultar-se regularmente com um urologista, investir em hábitos saudáveis que mudem para melhor a qualidade de vida também é uma atitude importante na prevenção do câncer de próstata. A atividade física, por exemplo, auxilia no controle do peso corporal, fator importante para a prevenção do câncer em geral, promove o equilíbrio dos níveis de hormônio no organismo e fortalece o sistema imunológico.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu